História do Arroz

O segundo alimento mais consumido

O arroz é tão antigo quanto à própria civilização. Diversos autores acreditam que ele seja originário da Ásia e das primeiras culturas iniciadas há doze mil anos, porém referências concretas aparecem na literatura chinesa por volta de 5.000 a.C. A gramínea anual rica em carboidratos, do gênero Oryza, o arroz, é o segundo alimento mais consumido no mundo. Na América, ele chegou por meio dos espanhóis, porém consta nos registros de Américo Vespúcio que integrantes da expedição de Pedro Alvares Cabral, após uma peregrinação em solo brasileiro, traziam consigo amostras de arroz, chamadas pelos índios de Abauti-uaupé, ou milho d’agua.

O Brasil, atualmente, possui a melhor tecnologia em parboilização de arroz do mundo.

Compare, experimente! Descubra em sua própria cozinha como o nosso arroz fica soltinho, branquinho e com aroma suave e agradável. E além do fator nutritivo aumentado, característica desse tipo de arroz, uma porção de 200 g de Arroz Parboilizado cru rende até 3 vezes, ou seja , até 600 g de Arroz cozido e enxuto.

 



Arroz Branco

     O arroz (constituído por sete espécies, Oryza barthii, Oryza glaberrima, Oryza latifolia, Oryza longistaminata, Oryza punctata, Oryza rufipogon e Oryza sativa) é uma planta da família das gramíneas que alimenta mais da metade da população humana do mundo. É a terceira maior cultura cerealífera do mundo, apenas ultrapassado pelo milho e trigo. É rico em hidratos de carbono.
    Para poder ser cultivado com sucesso, o arroz necessita de água em abundância, para manter a temperatura ambiente dentro de intervalos adequados, e, nos sistemas tradicionais, de mão-de-obra intensiva.      
   Desenvolve-se bem mesmo em terrenos muito inclinados e é costume, nos países do sudeste asiático, encontrarem-se socalcos onde é cultivado.
   Em qualquer dos casos, a água mantém-se em constante movimento, embora circule a velocidade muito reduzida.




Arroz Parboilizado

O Processo de Parboilização:

1ª Etapa- Encharcamento
O arroz em casca é colocado em tanques com água quente por algumas horas. Já nesta fase, as vitaminas e sais minerais que se encontram na película e germe, penetram no grão à medida que este absorve a água.
2ª Etapa-Gelatinização
Úmido, o arroz é submetido a uma temperatura mais elevada e sob pressão de vapor. Nesta fase a estrutura do amido sofre uma alteração: o grão se compacta e as vitaminas e sais minerais são fixados no seu interior. É este processo que faz com que o arroz fique soltinho na hora de cozinhar e muito mais nutritivo.
3ª Etapa-Secagem
Por último, o arroz é secado para posterior descascamento, polimento e seleção dos grãos claros e escuros.




Arroz Integral

 

        O arroz integral é rico em fibras, proteínas, minerais e vitaminas do complexo B e, como dele só é retirada a casca, os nutrientes concentrados na sua película e gérmen conferem mais vantagens à saúde do que o arroz processado, que mantém apenas o endosperma do grão, rico em amido. 

       Isento de glúten e de fácil digestão, este alimento mantém a saciedade do indivíduo por mais tempo e auxilia no bom funcionamento intestinal, podendo ser preparado de diversas formas, tal como o arroz processado.  

       Suas principais vantagens incluem: redução do risco de disfunções intestinais, auxílio no metabolismo de glicose nos diabéticos, proteção do sistema nervoso, auxílio nas contrações musculares, dentre outros benefícios. 

 







INTRANET

 


Fumacense Alimentos
Rodovia SC 443 • N° 2244 • C.P. N° 445 • CEP 88830-000 • Morro da Fumaça/SC
Fone: (48) 3434.8888